Sete Aspectos do Propósito Eterno de Deus

1. Que o Pai da glória tenha filhos.
“O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus” (Romanos 8:16).
“Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus” (Gálatas 3:26).
2. Que Cristo deveria ter uma noiva.
“E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido… E veio um dos sete anjos… e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a esposa, a mulher do Cordeiro” (Apocalipse 21: 2,9).
3. Que a luz e o amor de Deus sejam manifestados.
“Deus é luz, e não há nele trevas” (1 João 1: 5).
“Deus é amor” (1 João 4: 8).
4. Que Deus seja glorificado em Cristo.
“Jesus falou essas coisas…   Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer” (João 17: 1, 4).
5. Que todas as coisas devem ser reunidas em Cristo.
“fazendo conhecido a nós o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que nele propôs, na dispensação da plenitude dos tempos, para reunir todas as coisas em Cristo, as que estão nos céus e as que estão sobre a terra; nele” (Efésios 1: 9-10).
6. Que devemos ser para o louvor da Sua glória.
“no qual também fomos feitos herança, tendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz tudo segundo o conselho da sua vontade, a fim de sermos para o louvor da sua glória, nós que primeiro confiamos em Cristo” (Efésios 1: 11-12).
7. Que todas as coisas se sujeitarão a Cristo.
“seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas” (Filipenses 3:21).
“E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos” (1 Coríntios 15:28).
Baseado nos escrito de Jim Hyland
Compartilhe...