Pregação

Não somos enviados para pregar sociologia, mas a salvação; não economia, mas evangelismo; não reforma, mas redenção; não cultura, mas conversão; não progresso, mas perdão; não a nova ordem mundial e social, mas o novo nascimento; não revolução, mas regeneração; não renovação, mas a nova vida; não reencarnação, mas ressurreição; não uma nova organização, mas uma nova criação; não democracia, mas o evangelho; não civilização, mas CRISTO.

A Bíblia nos diz que somos embaixadores, não diplomatas. “De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus” (2 Coríntios 5:20-21).

Que possamos não nos envolver com política e em outras questões para a melhoria da sociedade e do mundo com as quais somos bombardeados por todos os lados. O apóstolo Paulo deixou claro qual era o tema de sua pregação, ele disse: “Nós pregamos a Cristo crucificado” (1 Coríntios 1:23). “Porque não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus, o Senhor” (2 Coríntios 4:5).

“E Ele lhes disse: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15).

Estima-se que, se todas as pessoas do mundo que ainda não ouviram o evangelho fizerem uma fila à sua porta da frente, a fila chegaria ao redor do mundo 30 vezes, e essa linha aumentaria trinta quilômetros por dia.

Agora, se você dirigisse um carro a 80 quilômetros por hora, durante dez horas por dia, levaria 4 anos e 40 dias para chegar ao fim da fila de almas. E nesse tempo, essa fila então teria crescido 48000 quilômetros.

Mesmo que essas estatísticas sejam apenas pouco precisas, elas devem nos conscientizar da grande necessidade que existe no mundo hoje. Não precisamos olhar muito longe para ver a necessidade de tornar conhecido o evangelho. O Senhor diz a cada um de nós: “Vai para tua casa, para os teus (amigos), e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez e como teve misericórdia de ti” (Marcos 5:19). Olhe pela porta da frente e veja almas perdidas. Então, de uma maneira ou de outra, “Pregue a Palavra” (2 Timóteo 4:2).

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...