Diário do Cristão para a Terça-Feira

O Mar da Vida

“Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas” (Salmos 107:29).

É um belo dia tropical, e o Mar do Caribe está brilhando à luz do sol à medida que nosso barco, o Barracuda, atravessa as águas, descendo para as ilhas de Granadina, ao sul de São Vicente. O barco está barulhento e lotado, mas, tirando isso, tudo vai bem.

Enquanto navegamos, lembro-me dos discípulos no Mar da Galileia, que estavam em circunstâncias muito diferente. “E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia” (Marcos 4:37). Nem tudo é tranquilo ao navegarmos pelo Mar da Vida. Há dias bons e dias maus. Mas, sejam eles duros ou suaves, o Senhor se importa e é capaz de nos fazer atravessar o percurso.

Enquanto o Senhor continuava dormindo na popa do barco, os discípulos começaram a se perguntar se Ele realmente se importava ou estava ciente do que estava acontecendo. Eles O acordaram e perguntaram-Lhe: “Mestre, não se te dá que pereçamos?” (v. 38). Ele se importava? Estava Ele ciente do que estava acontecendo? Era Ele capaz de controlar a situação? Mas é claro! “E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança” (v. 39).

Jim Hyland

Compartilhe...