Memorizando

“Em teus preceitos meditarei… Alegrar-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra” (Salmo 119:15-16).

Em um mundo de smatphones, tablets e notebooks, nossa capacidade de lembrar pode ser reduzida devido à dependência de aparelhos tecnológicos. Um artigo do Los Angeles Times disse que, há não muitos anos atrás, quando discávamos os números de telefone, a “repetição… gravava-os lentamente em nossa memória de longo prazo”. O uso diário proporcionava uma revisão constante. Eu conhecia todos os números da família e dos amigos, mas hoje tudo o que preciso fazer é pressionar uma tela.

Deixar um número de telefone escapar de nossas mentes pode ser algo comum, mas manter na mente a Palavra de Deus é muito importante. Alguém disse que os três princípios para memorizar as escrituras são: Ler, Ler e Ler!

Também é bom memorizar a referência com o texto. Dessa forma, poderemos encontrá-lo quando surgir a necessidade. O objetivo de gravar as escrituras em nossas mentes é fazê-las encher nossos corações e motivar nossas ações. Memorizar abre a porta mental para a Palavra de Deus. A leitura constante ajuda a encontrar um lar permanente em nossos corações.

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...