Conforto das Escrituras para o Domingo

“Mas o que nos confirma convosco em Cristo, e o que nos ungiu, é Deus, o qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações.” [1]

A Palavra de Deus nos ensina claramente que, nesta presente era, desde o Calvário e o Pentecostes, não há tal coisa como um verdadeiro crente em Cristo que não possua o Espírito Santo habitando em si, e “se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele” [2]. Porque estamos “em Cristo”, Deus “nos ungiu” [1] pelo Seu Espírito, de modo que possamos compreender a verdade espiritual. “E vós tendes a unção do Santo, e sabeis todas as coisas” [3]. “As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus” [4]. Além disso, Deus, pelo Seu Espírito, “nos selou” [1], e nós que conhecemos o Salvador somos exortados a “não entristecer o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção” [5] de nossos corpos. Tendo “nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória” [6]. O Espírito em nós é a garantia de Deus de nossa glória vindoura.

Redimidos pelo sangue de Jesus,
Habitados pelo Seu Espírito agora,
Louvarei Seu nome para sempre;
Em Sua presença me curvarei.

[1] 2 Coríntios 1:21-22; [2] Romanos 8:9; [3] 1 João 2:20; [4] 1 Coríntios 2:9-10; [5] Efésios 4:30; [6] Efésios 1:13-14

Compartilhe...