Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” [1]

Os pensamentos do Senhor em relação aos que são Seus são para nosso bem-estar, bênção e crescimento espiritual. Ele deseja Seu melhor (apesar de talvez não o vermos) para Seus redimidos, e Ele planeja e trabalha de acordo com isso. “Os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos” [2]. “Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar” [3], e “o Senhor dos Exércitos jurou, dizendo: Como pensei, assim sucederá, e como determinei, assim se efetuará” [4]. “Quão grandes são, Senhor, as tuas obras! Mui profundos são os teus pensamentos.” [5] Ele se lembra de nós agora, dia a dia, e irá “dar o fim que esperais” [1]. “Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória.” [6]

O Senhor sempre tem planos para os que são Seus
Com pensamentos de amor e graça,
Diariamente abençoando e provendo,
Até que sua face vejamos.

[1] Jeremias 29:11; [2] Isaías 55:8‑9; [3] Salmos 40:5; [4] Isaías 14:24; [5] Salmos 92:5; [6] Salmos 73:24

Compartilhe...