Conforto das Escrituras para a Segunda-Feira

“Como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam” [1]

Não estamos lendo aqui sobre as glórias do céu, e não podemos agora entender como será quando estivermos lá na casa do Pai com nosso Senhor. Certamente, nosso entendimento dessas coisas é muito limitado. Mas nosso versículo não está falando de coisas futuras, mas de coisas presentes, pois o próximo versículo diz que “Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus” [2]. Ele está nos dizendo que os olhos humanos não podem ver, nem os ouvidos humanos ouvir, nem os corações humanos entender “as que Deus preparou para os que o amam” [1] e que Ele nos revelou em Sua Palavra. Essas coisas devem ser “reveladas a nós pelo seu Espírito” [2], pois “o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” [3]. A sabedoria humana não é suficiente; o Espírito Santo deve abrir a Palavra aos nossos corações, “tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais” [4]. É por isso que lemos tantas vezes a admoestação: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz” [5], pois Ele, “aquele Espírito de verdade, Ele vos guiará em toda a verdade” [6].

Não por nossa força ou nossa sabedoria,
Mas pelo Espírito de Deus,
Aprendemos na Palavra de Deus dAquele
Que nos purificou pelo Seu sangue.

[1] 1 Coríntios 2:9; [2] 1 Coríntios 2:10; [3] 1 Coríntios 2:14; [4] Efésios 1:18; [5] Apocalipse 2:7; [6] João 16:13

Compartilhe...