Gênesis 21:22-34

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)

No capítulo 20, as relações entre Abraão e Abimeleque foram muito tensas. O patriarca havia recebido uma severa e justificada censura por parte do rei de Gerar. Mas agora sua relação é retomada em um novo plano. 

Temos aqui uma figura da futura supremacia de Israel no momento em que as nações dirão: “Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco” (Zacarias  8:23). Ele busca Abraão por proteção. Trata-se de um vislumbre do futuro – uma figura do milênio (Apocalipse 22:2, última parte). “Deus é contigo em tudo o que fazes”, declara o rei filisteu (versículo 22). E ele procura formar uma aliança com o homem de Deus. Mas desta vez é Abraão que reprova Abimeleque com a autoridade moral que a sua relação com “o Deus eterno” lhe confere (versículo 33). Nesta ocasião ele mostra ao rei o quanto valoriza o poço no deserto, que os servos de Abimeleque haviam tomado. 

Para nós, este poço é uma figura que a Palavra e a água da Palavra que deve renovar nossas almas todos os dias. Se as pessoas buscam nossa companhia, vamos mostrar a elas o mais rapidamente possível o valor que damos a Palavra de Deus. Alguns deles, que têm sede de verdade, paz e alegria, serão levados a procurar neste precioso livro, se eles vêem o que nós obtemos dali.

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

Compartilhe...