Diário do Cristão para a Terça-Feira

Atribulado

“Não se turbe o vosso coração” (João 14:1, 27).

Essas palavras foram ditas duas vezes pelo Senhor Jesus pouco antes de deixar os discípulos para ir à cruz e retornar ao céu. Ele os deixaria em um mundo atribulado, mas lhes assegurou que eles não precisavam se turbar em seus corações, pois Ele continuaria a ser o recurso, a força e a paz deles, e também porque eles podiam continuar confiando nEle em todas as circunstâncias, não importa o quão ruins ficassem. Ele os exorta: “Credes em Deus, crede também em mim… Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá.” (João 14:1, 27).

É fácil ser como Marta, de quem o Senhor disse: “Estás ansiosa e atribulada com muitas coisas” (Lucas 10:41, KJV). Ficamos atribulados (preocupados) com os eventos atuais de um mundo cheio de guerra, terrorismo e turbulência. Ficamos
atribulados com a escola, com o trabalho, e com a vida em geral. Ficamos atribulados sobre o futuro, família, amigos… e assim por diante. O apóstolo Paulo disse: “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados” (2 Coríntios 4:8). Isso porque sua alegria e confiança estavam no Senhor.

Jim Hyland

Compartilhe...