Conforto das Escrituras para o Sábado

“Andamos por fé, e não por vista” [1]

Que o cristão jamais suponha que o mundo, ou até mesmo os crentes carnais, algum dia entenderão o que é “viver pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim” [2], pois “o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” [3]. Mas assim como nossa vida espiritual começou pela fé, quando cremos em Cristo como Salvador, assim ela continua pela fé. “Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele” [4], pois “em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor” [5]. Assim vivemos não pelo que vemos, mas pela fé, pois “a fé é o firme fundamento [substância] das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” [6], e “não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas” [7]. “Portanto, é pela fé, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a posteridade” [8]. E nunca nos esqueçamos que, momento a momento, “a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” [9]. “Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão” [10].

Vivemos pela fé, e não pela vista;
Confiamos em Sua Palavra, de dia e de noite;
Sua Palavra é certa; Ele não pode mentir;
Ele nos pede, assim, para Sua graça provarmos.

[1] 2 Coríntios 5:7; [2] Gálatas 2:20; [3] 1 Coríntios 2:14; [4] Colossenses 2:6; [5] Gálatas 5:6; [6] Hebreus 11:1; [7] 2 Coríntios 4:18; [8] Romanos 4:16; [9] Romanos 10:17; [10] Hebreus 10:35

Compartilhe...