Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.” [1]

Deus não quer que Seu povo, comprado por sangue, sejam vítimas da ansiedade. Ele quer que tenhamos o tipo certo de cuidado para com as pessoas e situações, mas Ele não deseja que tal cuidado se torne em preocupação ou ansiedade. Tal ansiedade tira nossa paz, e é por isso que Ele nos diz: “as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus” [2]. Quando tudo é verdadeiramente entregue a Ele, nossos corações ficarão cheios de paz em vez de preocupação, não importam as circunstâncias ou os fardos. “Lança o teu cuidado (fardo) sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.” [3] “Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.” [4] Então esteja “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” [5], pois “o Senhor se agrada dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia” [6]. Além disso, em meio às circunstâncias que poderiam nos causar preocupação: “Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti.” [7]

Coisas que nos levariam à preocupação,
Se entregues a Ele, trarão
“Paz… que excede todo o entendimento”
E alegria para fazer o coração cantar.

[1] Filipenses 4:6; [2] Filipenses 4:6‑7; [3] Salmo 55:22; [4] Salmo 37:5; [5] 1 Pedro 5:7; [6] Salmo 147:11; [7] Isaías 26:3

Compartilhe...