Gênesis 29:1-14

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)

“Eu… te guardarei por onde quer que fores… não te deixarei”, prometeu o SENHOR a Jacó durante a sua noite em Betel (Gênesis 28:15). Como é confortante pensar que os olhos de Deus acompanham continuamente os Seus, mesmo quando descuidam de olhar para Ele (Salmo 32:8). Seu cuidado providencial leva Jacob à família de sua mãe, junto a casa de seu tio Labão. Mais uma vez vemos um encontro ao lado de um poço, talvez o mesmo do capítulo 24.

Mas desta vez não ouvimos uma oração da boca do viajante, nem ele pedir a Deus um encontro feliz, nem mais tarde agradecer a Deus por uma boa viagem. Também não vemos a jovem dando água ao visitante cansado. Que diferença também na casa de Labão! Jacó disse-lhe “todas estas coisas”, mas não ouvimos menção alguma do nome do Senhor em seu relato nem do modo como abençoou sua família (compare Gênesis 24:35), nem mesmo de seu encontro em Betel. Quais são os temas habituais de mossa conversa quando encontramos nossos parentes ou um irmão em Cristo? O Senhor está no centro de nossa conversa? Que nossos corações possam estar continuamente com Ele.

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

Compartilhe...