Êxodo 35:20-35

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir) 
 
Quando já entendemos o perdão de nossos pecados e já vimos um pouco da maravilhosa graça de Deus para conosco, estes versículos mostram o tipo de resposta que vêm do coração. 
 
Os israelitas só puderam trazer o que não tinham dado para o bezerro de ouro (Êxodo 32:3). Só poderemos colocar ao serviço do Senhor o que ainda não usamos para o mundo. Então, que possamos não desperdiçar nossa juventude. 
 
Quem eram aqueles que deram? “todo aquele*, a quem o seu coração moveu, e todo aquele cujo espírito voluntariamente o impeliu” (*versão Darby). Esse é o ponto! Amar ao Senhor, a assembleia, ao próximo, são condições essenciais para fazer uma boa obra ou para exercitar um dom. O que não brota do amor geralmente não é bem feito. 
 
Certas tarefas podem ser feitas em casa, no círculo familiar: por exemplo, costurar. Não devemos imaginar que trabalhar para o Senhor consiste necessariamente em ser um evangelista ou missionário em um país distante. 
 
Observe o serviço das mulheres. Se algumas não eram sábias (versículo 25) ou hábeis (versículo 26 – versão Darby), todas poderiam ter um espírito generoso, assim como os homens (versículo 29), e ter seus corações guiados (versículo 26) para dar ou fazer algo para o santuário (Tito 2:5). Deus colocou no coração de alguns ensinar (versículo 34). “para fazer… para ensinar”. Que possamos desejar sermos ensinados por aqueles que aprenderam de Deus. (veja 2 Timóteo 2:1-2). 
 
Possa Ele colocar no coração de outros – e nosso também – a disposição para ouvir! Assim, desta maneira será possível que um serviço inteligente seja prestado por todos. 
Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor nos séculos XIX e XX.
Compartilhe...