Sozinho

“Observo e sou como um pardal solitário no telhado” (Salmo 102:7).

Que imagem esse versículo traz diante de nossas mentes e corações. Podemos imaginar o pardal sozinho no telhado, talvez tremendo ao vento e frio, desolado e só. O pardal era o pássaro de menor valor sob a economia judaica. O Senhor disse: “Não são vendidos cinco pardais por dois ceitis?” (Lucas 12:6). Essa imagem traz diante de nós a submissão e humildade de Cristo, e o fato de que Ele foi “desprezado e rejeitado pelos homens” (Isaías 53:3).

Essas palavras do Senhor Jesus, profetizadas no Salmo 102, sem dúvida tiveram seu cumprimento na cruz, e talvez mais particularmente durante aquelas três horas de trevas, quando Ele foi abandonado por Deus, levou nossos pecados e fez expiação por nós.

Que ao pensarmos sobre esses aspectos de Sua pessoa e obra hoje, nossos corações possam lembrar novamente de Seu amor e bondade, e produzir louvor e adoração.

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...