Comunhão

A reportagem dizia algo assim:
Em 22 de junho de 1983, pouco depois das 8 horas, um trem entrou na estação de Tóquio, mas, por alguma razão inexplicável, as portas permaneceram fechadas, prendendo 2.500 viajantes. Uma inspeção detalhada revelou que o culpado era um inseto de 3 milímetros de comprimento no circuito elétrico do trem.

Que todos possamos aprender uma lição desse incidente! Nossa comunhão com o Senhor pode ser interrompida por pequenas coisas que nos parecem insignificantes. Uma palavra torta, uma pequena distorção da verdade, uma pequena desonestidade, uma pequena falta de pureza… esses podem ser os pequenos insetos que nos impedem de ter uma doce comunhão com nosso Salvador e Amigo. As portas não podem ser abertas sem julgamento próprio à luz da Palavra de Deus.

“O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (Provérbios 28:13). “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:9).

Julgamos os pequenos pecados em nossa vida hoje?

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...