Amós

Aqui está o que o próprio Amós nos fala sobre seu passado: 

“Então respondeu Amós e disse…  Eu não era profeta, nem filho de profeta; mas eu era vaqueiro, e cultivador de sicômoros; mas o Senhor me tirou o após o gado, e o Senhor me disse: Vai e profetiza ao meu povo de Israel” (Amós 7:14-15).

A lição prática que aprendemos disso é empenho e obediência. Deus sempre escolhe pessoas ocupadas em suas tarefas diárias para fazer o Seu trabalho. Amós foi obediente ao chamado de Deus e usado para entregar uma mensagem ao Seu povo.
Sua profecia ensina a paciência de Deus e, ainda assim, o julgamento final devido à falta de resposta por parte de Seu povo. Há, no entanto, a promessa de um remanescente ser abençoado, “para que possuam o restante de Edom e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o SENHOR, que faz estas coisas” (Amós 9:12).
Tanto Israel (as dez tribos) como Judá são abordados. “filhos de Israel… toda a família que eu fiz subir da terra do Egito” (Amós 3: 1).
Amós, Oséias e Jonas foram os únicos profetas escritores de Israel; todos os demais eram de Judá.

Baseado nos escritos de Jim Hyland

Compartilhe...