A morte do Senhor

“Cristo Jesus… humilhou-se, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz” (Filipenses 2:5, 8)

“Cristo nos remiu da maldição da Lei, tornando-se maldição por nós, porque está escrito: Maldito todo aquele que é pendurado no madeiro” (Gálatas 3:13)

Muitas pessoas na história estiveram dispostas a darem suas vidas por uma causa nobre, pela proteção de seu país, ou por seus amigos e familiares. Mas Cristo voluntariamente deu a Sua vida por seus inimigos. E não apenas isso, mas Ele voluntariamente se submeteu à morte por crucificação - uma morte longa, lenta, dolorosa e extremamente vergonhosa e humilhante.

A cruz é desprezada e zombada por aqueles que não amam o Senhor Jesus. “Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem”(1 Coríntios 1:18). No entanto, o restante do versículo diz: “mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus”. Não é de se admirar que Paulo tenha dito: “longe esteja de mim gloriar-me, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo”(Gálatas 6:14)

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...