Diário do Cristão para o Domingo

Dom Inefável

Nessa época do ano, muitas pessoas estão ocupadas com presentes. Mas quão maravilhoso é parar e considerar o maior presente já dado, pelo maior doador já conhecido, às pessoas menos merecedoras que já nasceram.

Esse presente, é claro, é o dom (presente) de Deus, de Seu Filho, o Senhor Jesus Cristo. O apóstolo Paulo, ao escrever por inspiração divina, irrompeu e disse: “Graças a Deus, pois, pelo seu dom (presente) inefável (indizível)” (2 Coríntios 9:15). Essa deveria também ser a resposta genuína de nossos corações, não apenas hoje, enquanto paramos para considerar a obra do Calvário e lembrar do Senhor como Ele nos pediu que fizéssemos, mas todos os dias de nossa vida. Todos os outros presentes que Deus nos deu é baseado nesse presente indizível. Aqui estão as palavras de um velho hino que eu canto muitas vezes e que resume muito bem esse assunto:

Ó, dom de amor inefável!

Ó, dom de misericórdia divina!

Antes éramos escravos da morte e do inferno,

Mas na imagem de Cristo brilharemos:

Por cada dom uma canção elevamos,

Mas isso exige louvor eternal.

Hino #336, Hinário Little Flock (tradução livre)

Jim Hyland

Compartilhe...