Conforto das Escrituras para o Domingo

“Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância” [1]

Deus quer que Seus filhos sejam “filhos obedientes”. “Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria” [2]. Deus deseja que Seus filhos obedeçam Sua Palavra, pois “lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho” [3], e “a entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices” [4], “para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus. Porque é bastante que no tempo passado da vida fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias” [5]. A vontade de Deus é “que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente” [6], mas sim que “andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave” [7]. “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” [8].

O cristão deve sempre obedecer,
Para que o Senhor possa abençoar;
Assim sua vida se encherá de alegria,
Com paz e doce harmonia.

[1] 1 Pedro 1:14; [2] 1 Samuel 15:22‑23; [3] Salmo 119:105; [4] Salmo 119:130; [5] 1 Pedro 4:2‑3; [6] Efésios 4:17; [7] Efésios 5:2; [8] Romanos 12:2

Compartilhe...