Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Graças a Deus, pois, pelo seu dom inefável” [1]

“O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.” [2] “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” [3] “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva… Aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.” [4, 5] “Pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.” [6] “E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.” [7] “Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos… Muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.” [8, 9] “Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas… sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.” [10]

Deus deu ao mundo dos homens Seu Filho,
Um “dom inefável”, de fato;
Ele tomou sobre Si nossos pecados
De modo a atender nossa necessidade.

[1] 2 Coríntios 9:15; [2] Romanos 6:23; [3] João 3:16; [4] João 4:10; [5] João 4:14; [6] Efésios 2:8; [7] João 10:28; [8] Romanos 5:15; [9] Romanos 5:17; [10] Isaías 55:1

Compartilhe...