Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Como se justificaria o homem para com Deus?” [1]

Sem a obra substitutiva de Cristo na cruz e a resultante mensagem do evangelho de “que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras” [2], não haveria resposta à pergunta de Jó em nosso versículo, pois “não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque” [3], e o homem não pode justificar-se a si mesmo pelas suas obras ou pela sua religião, pois “nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado” [4]. Então “como se justificaria o homem para com Deus?” A Palavra de Deus responde essa questão. “Agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas; isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue… para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus” [4]. “Como se justificaria o homem para com Deus?” “Por ele é justificado todo aquele que crê” [5].

Justificados pelo sangue do Salvador,
Nenhuma acusação contra mim subsistirá;
Ele me levará em segurança por esta vida,
Até chegarmos, finalmente, ao Seu lar.

[1] Jó 9:2; [2] 1 Coríntios 15:3-4; [3] Eclesiastes 7:20; [4] Romanos 3:20-26; [5] Atos 13:39

Compartilhe...