Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“E vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem” [1]

Quão fácil é para o verdadeiro cristão tornar-se “cansado de fazer o bem” [1]. Quando Paulo escreveu as palavra acima aos tessalonicenses, havia aqueles entre eles que estavam “não trabalhando, antes fazendo coisas vãs” [2], a quem ele diz: “A esses tais, porém, mandamos, e exortamos por nosso Senhor Jesus Cristo, que, trabalhando com sossego, comam o seu próprio pão” [2]. Eles estavam tomando vantagem da bondade e generosidade de outros crentes, a quem ele diz para que “não cansem de fazer o bem”. Mesmo que, enquanto buscamos obedecer e honrar o Senhor, as pessoas tomem vantagem de nós, ainda assim ele diz: “Não vos canseis de fazer o bem”. Embora possamos ver resultados pouco aparentes de nossa fé cristã, “não vos canseis de fazer o bem”. Mesmo que nossos esforços de honrar nosso Senhor não sejam apreciados, “não vos canseis de fazer o bem”. “Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos” [3]. “Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa” [4]. Ele “dará descanso ao cansado” [5] em Si mesmo. “E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido” [6].

Cansado e gasto, e desencorajado,
Perguntamos: “Isso tudo vale a pena?”
Mas todas as dores da jornada
Desaparecerão quando virmos Seu sorriso.

[1] 2 Tessalonicenses 3:13; [2] 2 Tessalonicenses 3:11‑12; [3] Hebreus 12:3; [4] 2 Crônicas 15:7; [5] Isaías 28:12; [6] Gálatas 6:9

Compartilhe...