Conforto das Escrituras para a Terça-Feira

“A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a minha porção na terra dos viventes.” [1]

“O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia. Em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam.” [2] “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia” [3], e “o Deus eterno é a tua habitação, e por baixo estão os braços eternos” [4]. “Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em ti; e à sombra das tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades.” [5] “Confiai nele, ó povo, em todos os tempos; derramai perante ele o vosso coração. Deus é o nosso refúgio” [6], pois “em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus” [6]. Então “cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria a tua misericórdia; porquanto tu foste o meu alto refúgio, e proteção no dia da minha angústia” [7]. Que “tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta… onde Jesus… entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque” [8, 9]. “Ó Senhor, fortaleza minha, e força minha, e refúgio meu no dia da angústia.” [10] “Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.” [11]

Ele é meu refúgio na angústia;
A Ele posso fugir em busca de ajuda;
Ele dá Sua graça para socorrer,
Ele em quem meus pecados foram colocados.

[1] Salmo 142:5; [2] Salmo 9:9-10; [3] Salmo 46:1; [4] Deuteronômio 33:27; [5] Salmo 57:1; [6] Salmo 62:7-8; [7] Salmo 59:16; [8] Hebreus 6:18; [9] Hebreus 6:20; [10] Jeremias 16:19; [11] Salmo 91:2

Compartilhe...