Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos, e que o buscam com todo o coração” [1]

Bem-aventurados são aqueles que buscam com sinceridade obedecer a Palavra de Deus. Ao fazer isso, buscamos ao nosso bendito Senhor, que disse que “as Escrituras… são elas que de mim testificam” [2]. “Bem-aventurados todos aqueles que nele confiam” [3]. “Guardar os seus testemunhos” [1] é honrá-Lo. Ele disse: “Se me amais, guardai os meus mandamentos” [4], e “Se alguém me ama, guardará a minha palavra” [5]. “Bem-aventurados os que guardam o juízo, o que pratica justiça em todos os tempos” [6]. Verdadeiramente, “bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará” [7]. Esteja certo de que “sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos… [sendo] fazedor da obra… este tal será bem-aventurado no seu feito” [8, 9], pois “bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam” [10].

Ouça a Palavra, e faça-a;
Não falhe em seu pedido por atenção;
Seu Senhor será honrado,
E você será abençoado então.

[1] Salmo 119:2; [2] João 5:39; [3] Salmo 2:12; [4] João 14:15; [5] João 14:23; [6] Salmo 106:3; [7] Salmo 1:1‑3; [8] Tiago 1:22; [9] Tiago 1:25; [10] Lucas 11:28

Compartilhe...