Conforto das Escrituras da Quinta-Feira

“E não somente isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual agora alcançamos a reconciliação” [1]

A primeira metade de Romanos 5 nos fala das bênçãos que temos porque somos “justificados pela fé” [2]. Porque confiamos em Cristo como Salvador, fomos “justificados”, pronunciados justos por Deus. Mais que isso, por Ele “temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes” [2], e podemos agora “chegar, pois, com confiança ao trono da graça” [3]. Também “nos gloriamos na esperança da glória de Deus” [4], enquanto antecipamos a vinda de nosso Senhor para nós e nossa entrada em Sua glória. Além disso, podemos “também nos gloriarmos nas tribulações” [4], sabendo que Deus as permite para Sua glória e para nossa bênção. Então “o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” [5], e “fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho” [6]. Indo mais além, somos diariamente “salvos pela Sua vida” [6], em Sua intercessão por nós, das ciladas de Satanás, das cobiças da carne e das seduções do mundo. Mas todas essas coisas, por mais maravilhosas que sejam, não são um fim em si mesmas. Elas nos levam a Ele cuja graça proveu tudo isso, e “também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo” [1]. Nos gloriamos nEle, e não apenas no que Ele fez por nós. “Digno é o Cordeiro, que foi morto”[7]!

Grandes dádivas Ele nos proporcionou;
Grande graça Ele nos mostrou;
Nós O adoramos por quem Ele é,
Pois somente Ele é digno.

[1] Romanos 5:11; [2] Romanos 5: 1‑2; [3] Hebreus 4:16; [4] Romanos 5: 2‑3; [5] Romanos 5:5; [6] Romanos 5:10; [7] Apocalipse 5:12

Compartilhe...