Gênesis 38; 39:1-16

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)

Muitas pessoas tentam imaginar por que Deus teria incluído este capítulo na bela história de José. O capítulo 38 está inserido na história de José como para nos mostrar, pelo exemplo de seu irmão Judá, que graves pecados e desordem na família podem acontecer quando colocamos Cristo, o verdadeiro José, de lado. Estes fatos são mencionados na lista dos ancestrais de nosso bendito Senhor (Mateus 1:1-3). Nosso Senhor nasceu da tribo de Judá. Isto apenas magnificou a graça de Deus e nos mostra que toda a raça humana é má. Não há bem em nenhum de nós. O Senhor Jesus foi o único Homem perfeito que já viveu (Hebreus 7:14). Mas leia do poder transformador (para nós) da morte e ressurreição de Cristo (Hebreus 10:14).

Por outro lado, no capítulo 39 encontramos José no Egito, um jovem que teme a Deus mantendo-se puro e separado do mundo. É por isso que Deus abençoa todas as atividades de seu testemunho fiel de maneira clara, mostrando que esta fidelidade e piedade (amor pelas coisas de Deus) é agradável a Ele. Quando a tentação vem, José se recusa (versículo 8), não escuta (versículo 10) e foge (versículo 12, compare com o que ocorreu em Juízes 16:16-17). Tentado, não apenas um dia, mas muitos (Hebreus 4:15). Muitas vezes, as circunstâncias favoráveis são a causa dos ataques sutis que Satanás traz sobre nós.

Jovens crentes no Senhor Jesus, sem dúvida um dia você deixará a casa de seus pais para viver em um ambiente hostil e perigoso. Que este exemplo de José, também longe de sua família, seja um encorajamento para você nos inevitáveis conflitos que serão seus. “Como purificará o jovem o seu caminho?” Pergunta o salmista. “Observando-o conforme a tua palavra”, ele responde imediatamente. Assim, ele está armado para o dia da tentação: “Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti” (Salmo 119:9-11). O que existe de mais precioso no lugar mais apropriado.

Assim como diz no Versículo 2, “o Senhor estava com José” – prosperando, possamos estar em comunhão com Deus e, em total dependência, entregarmos tudo ao Senhor (versículo 6) nos ocupando apenas com o pão que comemos (Com o suor do teu rosto comerás o teu pão – Gênesis 3:19).

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

Compartilhe...