Gênesis 28:1-22

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)

Jacó está saindo da casa de seu pai, mas Deus vai levá-lo a conhecer a Sua própria casa (Betel significa “casa de Deus”). Não é necessário esperar até que deixemos a casa de nossos pais para encontrar o Senhor. Muitas vezes, em meio as dificuldades é que se apresenta a oportunidade de encontrar o Senhor. Você que tem pais crentes no Senhor, não precisa abandonar o lugar onde está para chegar ao Senhor, mas um dia este encontro deve ocorrer e o Deus de seus pais também deve se tornar nosso Deus.
 
Que sonho estranho teve Jacó! Lemos no versículo 17, “Na verdade o Senhor está neste lugar”. Leia Gênesis 31:13. Quando temos a certeza em nosso coração da presença do Senhor coletivamente conosco, então diremos o mesmo que Jacó disse. Jacó, face a face com Deus – ele chama aquele lugar da própria porta dos céus.

Qual é o significado desta escada com os anjos subindo e descendo? Ela fala das relações entre o céu e a terra e nos leva a pensar Naquele que as estabeleceu para nós descendo aqui e voltando para a glória (João 3:13, 31, Efésios 4:10). A graça de Deus mostra a porta do céu (versículo 17) para o pobre pecador cansado e comunica a ele Suas gloriosas promessas. 

“Como é terrível este lugar!” O viajante exclama quando acorda. Uma consciência culpada não pode estar em paz mesmo na presença do Deus da graça (compare com Lucas 5:8).
Nesta estranha barganha que se atreve a fazer com o SENHOR, Jacó coloca condições nas firmes promessas de Deus e oferece servi-lo em troca dos benefícios que receberá. Assim como ele, muitas pessoas hesitam em tomar posse, pela fé, do dom gratuito de Deus e pensam que seus esforços merecem o devido pagamento da parte de Deus. Que cada um de nós medite nessa triste condição, um filho que deseja que seu pai tenha a obrigação de fazer a sua vontade para aí sim, fazer algo para seu pai.

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

Compartilhe...