Gênesis 2:15-25

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)
 
Deus colocou o homem no centro da Sua bela criação para administrá-la como um gerente. Apenas uma coisa era proibida: comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Este teste de sua obediência corresponde a sua posição como criatura responsável. 

O homem não é, como o animal, sujeito a impulsos irracionais. Ele foi criado livre disso, e assim, deve obedecer ao Criador. 

Agora, assistimos ao primeiro ato administrativo de Adão: dar nomes aos seres vivos. Eles estão lá para servir ao homem, mas seja qual for o seu grau de inteligência, nenhum corresponde as faculdades superiores de Adão, nem às necessidades íntimas de seus afetos (sentimentos). Assim, a solidão não era boa para o homem. Ele precisava de alguém para compartilhar seus pensamentos, para desfrutar com ele dos dons divinos e com ele dar graças Aquele que lhes deu tudo isso. 

O amor de Deus entendeu essa necessidade e respondeu dando ao homem uma esposa, uma companheira inteligente dotada de sentimentos, assim como ele. 

Neste trecho das Escrituras, vemos o primeiro matrimônio. Uma linda figura do último matrimônio que irá acontecer, Cristo e Sua noiva, cada verdadeiro crente nEle (Apocalipse 19:7). 

O homem precisa de uma companhia, adequada a ele, à sua semelhança. Vejamos o significado profundo disso. Cerca de 4000 anos se passariam antes que soubéssemos o que Deus tinha em Seu coração. Seu Filho, o Senhor Jesus iria se tornar Homem. Ele é Deus e Homem em uma só Pessoa. Ele deveria ter uma esposa. Nós crentes no Senhor Jesus somos Sua esposa (Efésios 5:23 e 32). Adão é posto para dormir… Cristo foi até a morte. A mulher foi tirada do homem… a esposa de Cristo vem a existir saindo dEle próprio. Deus dá a esposa para Seu Filho como um prêmio pelo que Seu Filho fez por Ele, Cristo glorificou a Deus na terra (João 17:4). Há um só corpo, o corpo é a única igreja que existe (Efésios 1:22-23). A igreja não é um edifício ou um grupo particular de crentes. A igreja é composta por cada verdadeiro crente no Senhor Jesus Cristo.

Este é o mistério da igreja, a noiva de Cristo, que agora a recebe da mão de Deus para alimentá-la e sustentá-la (Efésios 5:29). “Grande é este mistério”, exclama o apóstolo; “Somos membros do seu corpo, da sua carne e dos seus ossos”.

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

Compartilhe...