Gênesis 17:1-27

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)

O Senhor aparece novamente a Abrão, esta é a sexta vez que Deus aparece ou dá uma promessa a Abraão, Ele renova sua promessa de incontáveis descendentes e muda seu nome para Abraão. A mudança de nome na Bíblia é sempre um sinal de um novo relacionamento com a Pessoa que dá o novo nome. 

Aqui vemos o nosso patriarca, não somente como o homem de fé, mas o pai de todos os homens de fé (Romanos 4:11). Ao dar este nome: “pai de uma multidão”, Deus já pensava com interesse e amor nesta multidão de crentes de que Abraão seria considerado como o cabeça da linhagem e da qual esperamos que todos os nossos leitores façam parte. E através dos reis que descenderiam de Abraão (versículo 6), Deus estava vendo antecipadamente o “filho de Davi”, o Rei que regeria Israel e o mundo. O Novo Testamento começa com a genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi e filho de Abraão.

Houve um espaço em branco na história de Abraão que durou muitos anos. Agora ele está com 99 anos. Quando nos afastamos do Senhor, também perdemos nossos anos. 

Junto com o novo nome, Deus dá outro sinal a Abraão: a circuncisão, que corresponde, em algum grau, ao batismo de hoje e representa a separação para Deus e a falta de confiança na carne (Filipenses 3:3). É uma figura da morte para a carne, separação e pureza; um completo abandono, uma rendição a Deus. Para desfrutarmos de nossas bênçãos cristãs, devemos aprender o significado de nos rendermos ao Senhor.

A aliança (acordo) de bênção iria ser por intermédio de Isaque, não Ismael. Abraão era impaciente. Ele não podia esperar que Deus lhe desse um filho por meio de Sara sua esposa. Assim ele quis resolver a questão sozinho, e tristeza foi o resultado disso. Mas Deus agora vai agir em graça. O final do capítulo nos mostra que Sara também recebe um novo nome, é profetizado o nascimento de Isaque, em seguida, Abraão obedecendo ao mandamento que Deus lhe deu.

Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.

https://meditacoessobreoantigotestamento.blogspot.com/

(fique a vontade para compartilhar, para compartilhar no Facebook, retire este link)

Compartilhe...