Êxodo 18:1-12

(recomendamos que leia esse trecho em sua Bíblia antes de prosseguir)
 
 
Aqui encontramos Jetro novamente, o sogro de Moisés. Ele personifica as nações da terra que, no futuro, se regozijarão com Israel pela libertação deste povo e darão glória a Deus. Ao mesmo tempo percebemos que Zípora e seus filhos, representando a Igreja, como vimos anteriormente no capítulo 2, não tiveram parte nas provas e na libertação de Israel. A Igreja terá sido arrebatada da terra quando a grande tribulação e a restauração do povo judeu acontecer. Moisés casou-se com uma mulher gentia, chamada Zípora. Ela foi mandada embora, mas agora volta. (Uma figura de nós crentes. Somos a esposa gentia de Cristo. Durante o tempo em que Israel passa pela tribulação, nós crentes, a igreja, estaremos longe, no céu. Mas durante o milênio, a igreja e Israel vão se regozijar juntos por Cristo ser o Centro de tudo. Será um dia de gozo indizível para Ele, e cada porção desse gozo irá gerar uma resposta no coração da “noiva do Cordeiro” (os crentes) (Apocalipse 19:6-9)).  
 
O nome de Gérson nos recorda, pelo significado de seu nome, que Cristo, assim como Moisés, foi estrangeiro nesta terra e a Igreja também é estrangeira aqui. Mas nesta difícil situação, a ajuda de Deus é assegurada. É isso que o nome Eliezer significa. No versículo 8, Moisés dá o testemunho de tudo o que Deus fez pelo povo. Um bom exemplo para nós, não é mesmo? Que não tenhamos o temor de contar aos outros, começando pelos membros de nossa própria família, que talvez não saibam, como fomos resgatados. O resultado deste testemunho aparece no versículo 11: Jetro reconhece a grandeza do Senhor, dá-Lhe glória, oferece sacrifícios e finalmente come, ou em outras palavras, tem comunhão com o povo resgatado na presença de Deus. 
  
O capítulo 18 marca uma divisão no livro de Êxodo. Até agora, o maná, a pedra ferida e a água brotando nos falaram da vida de Cristo, sua morte e a vinda do 
Espírito Santo. Agora lançamos um olhar para a glória futura de Cristo. Moisés aqui é uma figura do reino de Cristo na terra. Vemos também os judeus, representados por seus filhos; os gentios, representado por Jetro; e a Igreja, representada pela esposa gentia de Moisés, Zípora. Todos estes desfrutam das bênçãos do reino milenial: judeus e gentios como súditos do reino e a Igreja reinando com Cristo sobre toda a terra. Moisés provavelmente havia deixado sua esposa e dois filhos em Midiã quando voltou para o Egito. Agora Jetro traz Zípora, Gérson e Eliezer (Deus é ajuda) a Moisés para uma reunião alegre. Aqui parece que Jethro havia se convertido ao único Deus verdadeiro. 
Texto baseado em diversos autores que se reuniam apenas ao Nome do Senhor no século XIX e XX.
Compartilhe...