Uma Bíblia copiada à mão

“E a palavra do Senhor era preciosa naqueles dias” (1 Samuel 3:1, Versão King James).

Quantas Bíblias você tem em sua casa hoje? Quantas delas são lidas diariamente ou periodicamente?

Eu li, a algum tempo atrás, sobre um russo chamado Yuri, que, por vários meses, voltava para casa do trabalho todas as noites e realizava uma tarefa tediosa, mas importante, copiar à mão a Bíblia de um amigo — cuidadosamente, letra por letra, versículo por versículo, hora após hora. O trabalho era lento, mas Yuri, que tinha tido a certeza da salvação recentemente, sabia que aquela seria provavelmente a única Bíblia que teria.

Há milhões de pessoas na Coreia do Norte e outros países por todo o mundo que gostariam de ter sua própria Bíblia. Muitas Bíblias são passadas clandestinamente para dentro desses países por missionários e outros cristãos. No entanto, como disse uma pessoa envolvida em tais operações: “Nos últimos anos milhares de Bíblias foram passadas clandestinamente… mas é como uma migalha para mil bocas.”

A maior parte dos meus leitores têm a Bíblia na ponta dos dedos. Quão gratos deveríamos ser por isso!
Leia-a!
Valorize-a!
Ame-a!

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...