Sua encarnação

“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1:14).

Reserve um tempo hoje para meditar sobre a maravilha da encarnação do Deus vivo na humilde pessoa do Senhor Jesus. Apesar de ser o Deus infinito, eterno, onisciente (conhecedor de tudo), onipotente (todo poderoso), onipresente do universo, Ele se tornou Homem em maravilhosa graça, um homem de perfeita dependência e fé, cujos atos, palavras e pensamentos eram belos para todos. sua simplicidade, com graça e verdade maravilhosamente misturadas em todos os detalhes da vida pessoal e do Seu lidar com as pessoas e situações. Então, no final desse caminho perfeito, Ele foi até a cruz e Se deu como o grande sacrifício pelo pecado. 

“e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz” (Filipenses 2:8).

Por que ele fez isso? 
Ele fez isso por nós. 

“Pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que, pela sua pobreza, sejamos ricos” (2 Coríntios 8:9).

Baseado nos escritos de Jim Hyland

Compartilhe...