Portões de Neemias – O Portão da Prisão

“e desde a Porta de Efraim, e desde a Porta Velha, e desde a Porta do Peixe e a Torre de Hananel e a Torre de Meá até à Porta do Gado; e pararam à Porta da Prisão” (Neemias 12:39).

A primeira menção de uma prisão na Bíblia está em conexão com José, que, como resultado de sua fidelidade ao seu Deus, sofreu dessa maneira. “O senhor de José o tomou, e o lançou no cárcere, no lugar em que os presos do rei estavam encarcerados; ali esteve na prisão” (Gênesis 39:20).
Isso nos lembra que, se formos fiéis ao Senhor, também sofreremos reprovação e não seremos populares. “todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições” (2 Timóteo 3:12). “mas se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus” (1 Pedro 4:16).
Observe que o portão da prisão está ligado ao portão das ovelhas, que fala da pessoa e obra de Cristo. O apóstolo Paulo, que foi uma testemunha tão fiel do Senhor, referiu-se a si mesmo como “Paulo, prisioneiro de Jesus Cristo” (Filemom 1).

Que possamos tomar nosso lugar no Portão da Prisão, em outras palavras, sofrer alguma censura por Cristo.

Baseado nos escritos de Jim Hyland

Compartilhe...