A vidraça e a fé

Vidraça estilhaçada

“(O SENHOR) sara os quebrantados de coração, E ata-lhes as feridas” (Salmo 147:3).

Talvez haja alguém lendo estes textos que sinta que sua vida foi destruída pelo pecado ou pelas circunstâncias. Como uma vidraça estilhaçada, a vida parece sem esperança e o futuro sombrio. Talvez seu coração esteja quebrado e fragmentado em mil pedaços. A história a seguir mostra a capacidade de nosso Deus e Salvador em consertar corações partidos e vidas destruídas.

Em uma antiga catedral na Europa, um valioso vitral estava no chão de mármore em centenas de fragmentos, uma tempestade havia causado sua queda. As peças foram recolhidas, colocadas em uma caixa e guardadas em um porão por muitos anos. Certo dia, um visitante veio para ver o que havia sobrado. Ouvindo o que havia acontecido perguntou se poderia ficar com os fragmentos.

– Leve-os embora – foi a resposta – não podemos fazer nada com eles; eles são absolutamente inúteis para nós.

Ele cuidadosamente os levou embora. Semanas se passaram quando um convite chegou aos cuidadores do local para ver uma obra de arte de um artista famoso por sua habilidade em trabalhar com vidro.

“Eu sou o SENHOR que te cura” (Êxodo 15:26)

Os cuidadores foram recebidos no estúdio do artista. Eles ficaram diante de um véu. Quando o véu foi removido, estavam diante deles um vitral que superava em beleza tudo o que já haviam vistos antes.

“Este vitral”, disse o artista, “foi trabalhado a partir dos fragmentos do seu vitral quebrado, e agora está pronto para ser colocado no lugar”. No lugar do antigo, um grande vitral lançou sua luz sobre o antigo prédio mais uma vez. O esplendor do novo superava em muito o do antigo e sua fama se espalhou por toda parte.

Sim, mesmo como crentes, as tempestades da vida frequentemente têm um efeito devastador em nossas vidas. Mas, para Deus, nada é impossível. O Senhor Jesus, o Maior Artista, pode juntar tudo de novo se estivermos dispostos a deixá-lo trabalhar. Pedro falhou e negou ao seu Senhor três vezes. Contudo, o Senhor disse: “Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não acabe; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos” (Lucas 22:32). Depois que Pedro foi restaurado em sua alma, ele foi usado de uma maneira maravilhosa para a glória de Deus e a bênção dos outros. A beleza de sua vida agora brilha nas páginas do livro de Atos, bem como nas duas epístolas que ele escreveu.

Grande fé

“…respondeu Jesus e disse-lhe: Ó mulher, grande é a tua fé” (Mateus 15:28)

“Ó tu de pouca fé, por que duvidaste?” (Mateus 14:31 – Darby)

Podemos não ter uma grande fé como a mulher de Mateus 15, mas ter fé em um grande Deus é um grande trunfo e pode realizar grandes coisas. O Senhor disse: “Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá—e há de passar; e nada vos será impossível” (Mateus 17:20).

Que possamos nos achegar hoje a Deus com confiança, apesar das circunstâncias e obstáculos que podem parecer intransponíveis. Podemos nos surpreender com o que pode acontecer e com o que Ele pode realizar através de nós.

Lembre-se, há uma recompensa pela simples fé e confiança, mesmo quando tudo parece sem esperança e fora de controle.

A promessa é: “Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, a qual tem uma grande recompensa” (Hebreus 10:35). Então, se temos uma “grande fé” ou “pouca fé, a chave não é quantidade ou o tamanho, a chave é: “Tenha fé em Deus” (Marcos 11:22).

Baseado nos escritos de Jim Hyland

Compartilhe...