Diário do Cristão para o Sábado

Um Deus Amoroso

Às vezes, os incrédulos levantam a seguinte questão: “Como pode um Deus amoroso enviar as pessoas para o inferno?”

No que diz respeito a Deus ser um Deus de amor, eles estão absolutamente corretos: “Deus é amor” (1 João 4:8).

Mas Deus é também santo. “Deus é luz” (1 João 1:5). Ele odeia o pecado. Ele não pode permitir que o pecado entre no céu. “Ó Senhor meu Deus… Tu és tão puro de olhos, que não podes ver o mal, e a opressão não podes contemplar” (Habacuque 1:12,13). Aqui está o que o Senhor disse sobre o assunto quando esteve aqui na terra: “Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Eu retiro-me, e buscar-me-eis, e morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, não podeis vós vir. Por isso vos disse que morrereis em vossos pecados, porque se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados” (João 8:21,24).

Deus, em Seu grande amor, providenciou uma maneira de escapar do inferno. “Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos” (1 João 4:9).

Deus não envia as pessoas ao inferno. Se você escolhe não crer em Seu Filho, Deus simplesmente age de acordo com a sua escolha. Faça a escolha certa, agora mesmo!

Jim Hyland

Compartilhe...