Diário do Cristão para o Sábado

Direito com Deus

Em Nova Iorque, a muitos anos atrás, um detetive foi a uma farmácia, colocou sua mão sobre o braço de um homem que estava ali silenciosamente cuidando de seus negócios, e disse: “Você está sendo procurado”.

“Como assim?”, exclamou o jovem.

“Você sabe do que estou falando. Você fugiu da Penitenciária de Albany, foi para o oeste, casou-se, e então voltou e se estabeleceu aqui. Não há necessidade de negar isso.”

“É verdade, eu não posso negar, mas permita-me ir para casa e dizer adeus a minha esposa e a meu filho.”

Eles foram para a casa dele. Ele disse a sua esposa: “Não fui eu um bom marido e pai, trabalhando duro para ganhar a vida?” Era verdade, e ela confirmou. Ele esteve andando direito com sua família, seus negócios, seus vizinhos, mas totalmente errado em relação ao Estado de Nova Iorque. Ele ainda tinha que pagar por seu crime, e anos de vida inocente não podiam compensar pelas leis violadas.

Assim também é com a lei de Deus! Nenhuma quantidade de reforma de nós mesmos pode afastar o pecado. Mas o que nunca poderíamos fazer, Cristo já fez. Apenas através de Sua morte e sangue a pena pelo pecado é paga, e Ele pode dizer: “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados não me lembro” (Isaías 43:25).

Jim Hyland

Compartilhe...