Diário do Cristão para a Segunda-Feira

Caro Cristão:

Sobre a minha escrivaninha em meu escritório está uma pintura grande do artista Daniel Maclise, retratando o duque de Wellington e o comandante Gebhard Leberecht von Blucher apertando as mãos após a Batalha de Waterloo. Toda a cena panorâmica do campo de batalha atrás deles é de tristeza, sofrimento, morte e carnificina. Isso me lembra o que disse Davi no Salmo 23:4: “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam”. Sim, todos os dias passamos pelo “Vale da Sombra da Morte”. É este mundo com sua marca de morte sobre ele. Vemos isso em todo lugar, talvez não de forma gráfica como muitos têm visto nos campos de batalha, mas, mesmo assim, estamos bem cientes do fato, não importa onde estejamos.

Que bom que podemos andar através deste “vale” na companhia do Senhor, e sem temor. Prossigamos nesta semana com um verdadeiro senso de Sua consolação e cuidado.

Seu Amigo Cristão,

Jim Hyland

Compartilhe...