Diário do Cristão para a Quinta-Feira

Salmo 23 — Parte 4

“Guia-me mansamente a águas tranquilas” (Salmos 23:2).

Águas tranquilas nos fazem lembrar daqueles momentos tranquilos de refrigério, quando temos nossa sede espiritual e interior satisfeita pelo Pastor por meio da água viva da Palavra. Ele nos convida: “Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas… Se alguém tem sede, venha a mim, e beba” (Isaías 55:1, João 7:37).

É vital que aprendamos a seguir nosso Pastor a essas águas calmas e tranquilas; caso contrário, tentaremos satisfazer nossas almas com as coisas que este mundo busca nos oferecer no decorrer do dia. Temos dentro de nós uma sede que só Aquele que nos criou pode satisfazer verdadeira e plenamente. Em outra ocasião, Davi disse: “Ó Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água” (Salmos 63:1). Você já bebeu da Palavra Viva hoje? Se ainda não, você é um cristão sedento, e está espiritualmente desidratado. Que triste condição é essa quando há tanto refrigério disponível diariamente. Pare agora e beba um pouco da “água fresca para a alma cansada” (Provérbios 25:25)

Jim Hyland

Compartilhe...