Conforto das Escrituras para o Sábado

“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.” [1]

“A todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus” [2], pois “segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das suas criaturas” [3], e “convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e mediante quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse pelas aflições o príncipe da salvação deles. Porque, assim o que santifica, como os que são santificados, são todos de um; por cuja causa não se envergonha de lhes chamar irmãos, dizendo: Anunciarei o teu nome a meus irmãos, cantar-te-ei louvores no meio da congregação” [4]. Assim “o mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” [5]. Nosso Senhor disse: “Vou preparar-vos lugar. E… virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo” [6].

Nascidos na família de Deus
Pela fé em nosso precioso Senhor;
Por isso o mundo não nos conhece;
Não conhece a Ele nem a Sua Palavra.

[1] 1 João 3:1; [2] João 1:12-13; [3] Tiago 1:18; [4] Hebreus 2:10-12; [5] Romanos 8:16-17; [6] João 14:2-3

Compartilhe...