Conforto das Escrituras para o Sábado

“Humilhai-vos perante (a vista do) Senhor, e ele vos exaltará.” [1]

Deus deseja grandemente que o crente “se revista de humildade” [2], e isso deve ser genuíno, o que permanecerá “perante (a vista do) Senhor” [1], diferente do “pretexto de humildade” de alguém “debalde inchado na sua carnal compreensão” [3]. Humildade é exatamente o oposto do orgulho e altivez, e “o coração do homem se exalta antes de ser abatido e diante da honra vai a humildade” [4]. Verdadeiramente “a soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” [5]. Ele “cujo nome é Santo” diz: “Num alto e santo lugar habito; como também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos, e para vivificar o coração dos contritos” [6], pois “o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado” [7]. Sendo este o caso, “humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte” [8]. E como então “nos humilhamos debaixo da potente mão de Deus”? O verso seguinte nos diz: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” [8]. Quando fazemos isso, estamos confessando que nós mesmos não somos capazes de lidar com nossos próprios cuidados, e descobriremos que “Ele dá maior graça… aos humildes” [9].

Humilha-te na presença dEle,
E a Sua bênção conhecerás,
Sua graça sobre ti derramará,
Pois a graça Ele ama nos dar.

[1] Tiago 4:10; [2] 1 Pedro 5:5; [3] Colossenses 2:18; [4] Provérbios 18:12; [5] Provérbios 16:18; [6] Isaías 57:15; [7] Mateus 23:12; [8] 1 Pedro 5:6‑7; [9] Tiago 4:6

Compartilhe...