Conforto das Escrituras para a Terça-Feira

“Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.” [1]

A Bíblia muitas vezes compara a vida cristã a uma corrida, da qual todo crente é participante. E “nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus” [2]. Se devemos correr de modo a “alcançar” uma recompensa quando estivermos perante Ele, será porque estamos constantemente olhando para longe de nós mesmos e de outras pessoas e circunstâncias, e “olhando para Jesus” [2]. Ele é a “linha de chegada” para a qual os olhos do corredor devem estar firmemente fixados. “Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei” [3]. Assim como Paulo, que possamos ser capazes de dizer: “Não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus” [4].

Corramos com paciência a corrida,
Olhando para Jesus, nosso Objetivo,
Até que vejamos Sua face
E andemos nas ruas de ouro.

[1] 1 Coríntios 9:24; [2] Hebreus 12:1‑2; [3] Salmo 16:8; [4] Filipenses 3:13‑14

Compartilhe...