Conforto das Escrituras para a Terça-Feira

“O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia” [1]

Para os que são dEle e que são oprimidos, que são esmagados e afligidos sob o peso das provações, fardos e falhas, “o Senhor será… um alto refúgio” [1], uma defesa, uma forte torre para a qual podemos fugir em busca de proteção e socorro. “Em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus. Confiai nele, ó povo, em todos os tempos; derramai perante ele o vosso coração. Deus é o nosso refúgio.” [2] “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos.” [3] Com Davi, “quando ele fugiu de Saul na caverna”, podemos orar: “Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em ti; e à sombra das tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades” [4], “porquanto tu foste o meu alto refúgio, e proteção no dia da minha angústia” [5]. “O Senhor é a minha defesa; e o meu Deus é a rocha do meu refúgio” [6], e “direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei” [7]. “Ó Senhor, fortaleza minha, e força minha, e refúgio meu no dia da angústia.” [8] “No temor do Senhor há firme confiança e ele será um refúgio para seus filhos.” [9]

O Senhor é um refúgio para os Seus santos,
Uma torre para a qual podemos fugir;
Guardados seguros por Seu amor e poder,
“Mais que vencedores” nós somos.

[1] Salmo 9:9; [2] Salmos 46:1,2; [3] Salmos 62:7,8; [4] Salmo 57:1; [5] Salmo 59:16; [6] Salmo 94:22; [7] Salmo 91:2; [8] Jeremias 16:19; [9] Provérbios 14:26

Compartilhe...