Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Sê forte, pois, e não permitas que tuas mãos sejam fracas, porque a tua obra será recompensada” [1]

“Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis” [2]. Tudo o que fazemos para a honra ou glória do Senhor, não importa quão pequeno ou insignificante possa parecer aos homens, será recompensado por Ele. E enquanto sabemos que a maior recompensa será dada no tribunal de Cristo, quando Ele vier por nós, ainda assim, para agora, nosso Senhor prometeu: “Se alguém me servir, meu Pai o honrará” [3]. Portanto “não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé” [4], não esquecendo as palavras do Senhor: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” [5]. Portanto, “não se enfraqueçam as tuas mãos” [6], pois “aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos” [7]. “[Ele] dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor” [8]. “E vós, irmãos, não vos canseis de fazer o bem.” [9]

O trabalho parece difícil e oneroso;
Não temos força para o caminho,
Mas sabemos que tudo o que é feito para Ele
Aguarda Seu sorriso naquele dia.

[1] 2 Crônicas 15:7 (King James); [2] Hebreus 6:10; [3] João 12:26; [4] Gálatas 6:9-10; [5] 2 Coríntios 12:9; [6] Sofonias 3:16; [7] Salmo 126:6; [8] Isaías 40:29; [9] 2 Tessalonicenses 3:13

Compartilhe...