Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que com simplicidade e sinceridade de Deus, não com sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo, e de modo particular convosco.” [1]

“Simplicidade e sinceridade de Deus”. O quanto essas coisas são necessárias ao povo de Deus no mundo hoje. É um dia de extremos, com muita atividade e movimento, e pouca espiritualidade, com as assim chamadas “super” igrejas e movimentos que mantêm para si grandes estatísticas. Faremos bem em lembrar que “Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; para que nenhum mortal se glorie na presença de Deus” [2]. A vida cristã não é vivida nem a obra cristã cumprida “com sabedoria carnal” [1]. “Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos” [3]. Cuidado para que não “sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo” [4]. “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” [5].

A sabedoria humana não pode prevalecer
No trabalho que é feito para o Senhor;
Ele deve ser feito na própria força dEle,
Por aqueles que confiam em Sua Palavra.

[1] 2 Coríntios 1:12; [2] 1 Coríntios 1:27-29; [3] Zacarias 4:6; [4] 2 Coríntios 11:3; [5] Provérbios 3:6

Compartilhe...