Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés” [1]

“E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés” quando o Senhor Jesus voltar. Até esse tempo, somos exortados a “revestir-nos de toda a armadura de Deus, para que possamos estar firmes contra as astutas ciladas do diabo” [2], vigiando “para que não sejamos vencidos por Satanás; porque não ignoramos os seus ardis” [3]. O principal de “seus ardis” é seu esforço em lançar dúvidas sobre a Palavra de Deus e sobre o Filho de Deus. Sua primeira fala registrada no Antigo Testamento foi questionar a Palavra de Deus: “É assim que Deus disse?” [4] Sua primeira fala registrada no Novo Testamento foi questionar o Filho de Deus: “Se tu és o Filho de Deus…” [5]. Os métodos de Satanás não mudaram. Ele continua negando a veracidade da Palavra de Deus. Ele continua questionando a divindade do Filho de Deus. E ele é um mestre do engano. Ele é “a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo” [6], sim, “e não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz” [7]. Que possamos, assim como a igreja em Filadélfia, sermos aqueles a quem nosso Senhor pode dizer: “Guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome” [8]. “Para sempre, ó Senhor, a tua palavra permanece no céu” [9]. “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” [10].

Satanás odeia a Palavra de Deus,
Pois a Bíblia declara sua condenação;
Seu poder foi quebrado por Cristo,
Que morreu e do sepulcro ressuscitou.

[1] Romanos 16:20; [2] Efésios 6:11; [3] 2 Coríntios 2:11; [4] Gênesis 3:1; [5] Mateus 4:3; [6] Apocalipse 12:9; [7] 2 Coríntios 11:14; [8] Apocalipse 3:8; [9] Salmo 119:89; [10] Mateus 16:16

Compartilhe...