Conforto das Escrituras para a Segunda-Feira

“Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos.” [1]

“Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás*, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem” [2]. “E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência [conhecimento], e à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade, e à piedade o amor fraternal, e ao amor fraternal a caridade [amor]. Porque, se em vós houver e abundarem estas coisas, não vos deixarão ociosos nem estéreis no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo” [3], mas deverão então “crescer na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo” [4]. “Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus” [5], e “fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus” [6]. Assim “meditarei nos teus preceitos, e terei respeito aos teus caminhos” [7], pois “bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos, e que o buscam com todo o coração” [8]. “Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido” [9].

Então medite na Palavra de Deus
Que ela encherá seu coração,
E se apegue a isso a cada dia,
E nunca dela se aparte.

[1] 1 Timóteo 4:15; [2] 1 Timóteo 4:16; [3] 2 Pedro 1:5-8; [4] 2 Pedro 3:18; [5] 2 Timóteo 1:13; [6] 2 Timóteo 2:1; [7] Salmo 119:15; [8] Salmo 119:2; [9] Josué 1:8

{* Nota de rodapé: A passagem de 1 Timóteo 4:16 não fala da salvação eterna, mas sim de preservar-se de ser enganado e contaminado pelos mesmos falsos mestres dos quais Paulo fala no início do capítulo. Leia mais aqui e aqui. }

Compartilhe...