Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

O Amor Vence

Outro dia, eu estava fazendo uma caminhada matinal pela vizinhança da casa em que eu estava hospedado. Ao passar por uma das casas, percebi uma placa no gramado da frente. Dentre outras coisas, dizia:

Em Nossa América, O Amor Vence!

Bem, eu ponderei sobre isso e cheguei à conclusão de que o amor de Deus, e não a perversão que o homem fez do termo, deve ser a tônica e o motivo principal na vida de cada cristão. Logo antes do Senhor ter deixado os discípulos para ir à cruz e então voltar para o céu, Ele deu-lhes várias exortações quanto ao amor prático e seus efeitos. Aqui estão alguns:

“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis” (João 13:34).

“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” (João 13:35).

“Se alguém me ama, guardará a minha palavra” (João 14:23).

“Permanecei no meu amor” (João 15:90).

Sim, o amor de Deus vence, e lembre-se: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor” (1 Coríntios 13:13).

Jim Hyland

Compartilhe...