Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“Guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” [1]

A Palavra de Deus para Seus redimidos, aqueles “cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto” [2], diz: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos” [3]. Pois “o Senhor te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos, e fortificará os teus ossos; e serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam” [4]. Então “não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” [5]. “Faze-me saber os teus caminhos, Senhor; ensina-me as tuas veredas. Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia” [6]. “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho” [7]. “E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” [8]. “Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória” [9]. “Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho” [10]. “Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos” [11]. “Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina conhecerá se ela é de Deus” [12]. “E não sabemos o que faremos; porém os nossos olhos estão postos em ti” [13].

Se quisermos fazer a vontade de Deus
Ele então a fará saber;
É Sua alegria guiar Seus santos;
Seu amor é para os que são Seus.

[1] Salmo 23:3; [2] Salmos 32:1; [3] Salmos 32:8; [4] Isaías 58:11; [5] Provérbios 3:5-6; [6] Salmos 25:4-5; [7] Salmos 119:105; [8] Tiago 1:22; [9] Salmo 73:24; [10] Salmo 25:9; [11] Salmo 27:11; [12] João 7:17; [13] 2 Crônicas 20:12

Compartilhe...