Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus” [1]

Deus deseja para os Seus filhos que “andemos dignamente diante do Senhor” em nossa conduta diária, “frutificando… e crescendo no conhecimento de Deus” [1]. Um “andar” com o Senhor nos fará “frutificar” e ansiar por um “crescimento no conhecimento de Deus”. “Andeis como é digno da vocação com que fostes chamados, com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor” [2]. “Assim andemos nós também em novidade de vida” [3], “para que vos conduzísseis dignamente para com Deus, que vos chama para o seu reino e glória” [4], “cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus” [5]. Tal cristão será “como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará”[6]. Nosso Senhor disse que “nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos” [7]. Um discípulo é um aprendiz, e o cristão frutífero estará “crescendo no conhecimento de Deus” [1]. “Crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo” [8], e “desejai… o leite racional [da Palavra]… para que por ele vades crescendo” [9].

Um andar que mostra que O conhecemos,
E onde há fruto para Sua glória,
Um “crescimento no conhecimento de Deus”,
Conta uma história abençoada.

[1] Colossenses 1:10; [2] Efésios 4:1-2; [3] Romanos 6:4; [4] 1 Tessalonicenses 2:12; [5] Filipenses 1:11; [6] Salmo 1:3; [7] João 15:8; [8] 2 Pedro 3:18; [9] 1 Pedro 2:2

Compartilhe...