Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“Para que aproveis as coisas excelentes, a fim de que sejais sinceros, e sem ofensa até o dia de Cristo” [1]

A palavra aqui traduzida como “sinceros” tem o significado de “testados pela luz do sol”, e Deus deseja que Seu povo seja testado pela luz de Sua Palavra e seja achado “sincero”, limpo e puro, verdadeiro e honesto, e sem engano e pretensão. Para isso, Ele deseja “que o vosso amor aumente mais e mais no pleno conhecimento e em todo o discernimento” [2], e tal experiência é possível quando estamos “cheios do fruto de justiça, que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus” [3]. Para esse fim, devemos “desejar, como meninos recém-nascidos, o leite racional, sem dolo, para que por ele cresçais” [4], e temos a certeza da graça de Deus para com “todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo com amor incorruptível [em sinceridade]” [5]. Enquanto andamos na luz de Sua Palavra, tal “simplicidade e sinceridade de Deus” [6] será nossa à medida que somos “testados pela luz do sol”, pois “a entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices” [7], e a esta Palavra de Deus “bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações” [8]. Tal vida irá “provar… a sinceridade de vosso amor” [9].

Ser “sincero… sem ofensa”,
Até o momento de Sua vinda,
Para que Ele diga de nós: “Muito bem”,
Bendita recompensa por todas as nossas lágrimas.

[1] Filipenses 1:10; [2] Filipenses 1:9; [3] Filipenses 1:11; [4] 1 Pedro 2:2; [5] Efésios 6:24; [6] 2 Coríntios 1:12; [7] Salmos 119:130; [8] 2 Pedro 1:19; [9] 2 Coríntios 8:8

Compartilhe...